domingo, 3 de maio de 2009

A busca do amor e aceitação através das obras e da lei

Na sequência de reverberar a blogosfera, encontrei um outro post bastante relevante. Vitor Carvalho no blog Amando ao próximo, compara um fariseu a uma criança com anseio de ser amada. Gostei ainda mais do texto, pelo seu título: O fariseu que vive em nós. E é isso mesmo! Existe um "fariseu" hipócrita em cada um de nós!

Confira um trecho do post abaixo:

{...
Imagine uma criança que nunca recebeu amor dos pais. Certo dia ela conhece uma menininha cujos pais a cobrem de amor e afeto. A primeira criança diz para si mesma: “Quero ser amada desse jeito também. Vou fazer o que for preciso para conquistar o amor do meu pai e da minha mãe.” Então, para ganhar o carinho dos pais, ela passa a escovar os dentes, arrumar a cama, sorri, tem bons modos, nunca chora nem reclama de nada, nunca expressa uma necessidade sequer e aprende a esconder os sentimentos negativos.

É assim que fazem os fariseus. Eles seguem a lei com todo rigor para despertar o amor de Deus. Se for necessário, eles a reescrevem para dar destaque a coisas que não estavam mesmo pretendendo fazer: dançar, fumar, beber. Ou para destacar as coisas que eles gostam: o compromisso com programas da igreja é sinônimo de compromisso com Deus, votar em (
coloque aqui o nome do seu candidato) é o que Jesus faria. A imagem que eles têm de Deus prende-os a uma teologia que incentiva as obras em troca da aprovação que vem do céu. Se Deus é um contador detalhista que gosta de encontrar erros de quem quer que seja o fariseu deve buscar uma vida que minimize o risco de erro. Assim, no dia do juízo final, ele poderá apresentar a Deus uma folha de serviços perfeita, e Deus será obrigado a aceitá-la.
...}



3 comentários:

Livia disse...

Esse post me fez pensar que muitas vezes tb fazemos isso com as pessoas .. fingindo ser quem não somos apenas para agrada-las ou para não mostrarmos quem realmente somos... as pessoas podem até acreditar (não por muito tempo) mas DEUS nos conhece.. não adianta fingir ... nem mentir ...

Sapão - André Luís Oliveira disse...

Encontrei o blog de vocês através do Twitter se não me engano...bem legal os posts e este texto inclusive!

Parabéns, já estou adicionando vocês ao meu leitor de RSS

Mano e Lívia - Os DelaSilva disse...

Valeu Sapão!
Obrigado pelo incentivo!