terça-feira, 29 de setembro de 2009

Jesus Cristo Vs Cristianismo e suas vertentes


Vez ou outra, me pego no dilema de Cristo X Cristianismo.
Algo que era pra ser uma extensão, em muitos casos, se torna uma antítese.
Esse mesmo dilema, me faz questionar, do por quê continuar evangélico, visto que católico já não mais sou (pelo menos em alguns paradigmas e dogmas), e do por quê continuar cristão, posto que as referências de cristãos estão cada vez mais confusas e cada vez menos práticas, menos apóstolicas (no sentido de assemelhar aos primeiros discipulos-apóstolos).
Esse dilema se contorse e cria tentáculos em meus pensamentos, principalmente, quando percebo com uma certa facilidade, a distância entre o Senhor Jesus Cristo e muito dos "seus" seguidores e ou dogmas da religião que atualmente lhe é apontada como a religião dos Seus remanescentes na terra, o cristianismo.
Não tenho problemas com Jesus! Seria "cômi-trágico" se tivesse. Graças a Deus não tenho. Por tanto, me parece muito aceitável que mesmo quando não me sinto evangélico ou cristão, continue tendo total devoção à Jesus Cristo! Desassociá-lo de coisas que homens com cruzes e ou ternos (chapéus, bigodes, barbas, mantas e tantos outros filactérios) fazem em seu nome, não só é fácil, como também necessário.
Contudo, tal ruptura não se torna necessária, uma vez que a Igreja de Jesus Cristo continuará existindo. A Igreja é uma realidade viva e linda.
Não é necessário adjetivar a Igreja como a VERDADEIRA, posto que sendo falsa, não é a Igreja.
O que quero dizer é que fazemos a insignificante ação de nos rotularmos como sendo assim ou assado, ou não sendo assim ou assado. Como sendo deste ou daquele grupo, como não sendo deste ou daquele grupo.
A caminhada com Cristo nos "obriga" ao caminho do amor. Nos direciona a termos o olhar samaritano, o qual mesmo não reconhecendo as vestes do necessitado como sendo da sua clã, família ou nação, não se permite seguir seu caminho sem estender a mão. Ao contrário, de pronto se entrega, se suja e socorre. Paga-lhe as contas sem impor condições, presenteia sem perguntar se a pessoa foi uma "boa pessoa durante o ano que se passou".
Enxergar qualquer um como nosso Próximo é tão maravilhoso quanto difícil. É tão necessário quanto "utópico". É ser discípulo daquele que entregou sua vida em amor.
Tão cansativo apesar de ao mesmo tempo ser tão simples, é dizer isso para o meu coração todas as vezes que vejo casos de "cristãos" que usurpam do nome do Cristo para roubar, coagir, enriquecer, estuprar, transar, manipular, sobrepujar, jactar. Tenho que berrar dentro de mim: - São os teus próximos! São alvos da Graça como você!
Ser cristão está bem além de ser católico ou evangélico, ortodoxo ou carismático, pentecostal ou histórico, celular ou apostólico. Ser cristão está 100% voltado para o amor! Ao ato de amar!
Há os que dizem que amam por que sentem, os que amam por que vêm, os que amam por que entendem, os que amam por que fazem e até, os que amam sem saber o porquê de amar, apenas amam. Uma das coisas que aprendi nesse pouco tempo de vida vivida, é que sem a tatuagem do amor, tudo mais não passa de papo furado, de arte desgraçada, intelecto surtado, murcho e vazio de vida. Pose fétida de papelão! Que não dura! E mesmo que dure (em tempo), o fará morta!
Ser cristão é amar em toda a plenitude que esse verbo permite aos que o fazem conforme Cristo. Conforme o evangelho.
Quem ama ora e intercede;
Quem ama ora e ajuda;
Quem ama ora e cura;
Quem ama ora e não cobra;
Quem ama ora e não se envaidece;
Quem ama ora e estuda e ensina;
Quem ama ora e conforta e consola;
Quem ama ora e até bate se precisar; (risos.. essa foi pra Clau)
Quem ama ora bolas, ama! Com tudo isso acima citado e muito mais.. com toda a plenitude que a AÇÃO de amar exige.
Sim! Continuo no cristianismo. Sim! Continuo na Igreja de Cristo. Continuo na Igreja, acreditando que esta é composta por cristãos que amam, creem e fazem! Continuo acreditando que os que fazem parte desta linda Igreja são todos aqueles cujos os pés e mãos são imagem e semelhança de Cristo. E isto, pra quem não sabe, vai além das paredes evangélicas e ou católicas, vai além do próprio cristianismo. Isto, vai até à todos aqueles que o Pai der-conduzir ao Cristo. Sim! Ele é Quem conduz! Sem Ele, a pregação do eloquente é lixo! A argumentação do intelectual é merda! O milagre do curador é bala de festim! Sem o convencimento e o alcance do Espírito Santo de Deus, nada se faz, não se enganem os caminhantes. Sem Ele, tudo mais é um Delírio, como bem já disse um grande mentiroso.
Continuo atolado nesses rótulos não pelo o que eles são, mas pelo o que eles não são: JESUS! Pois não os pondo como ídolos em mim, posso servir a Cristo inclusive neles e com eles.
É por isso, que peço perdão aos que culpam os cristãos e ao cristianismo por tantos escândalos, golpes e barbáries! Peço perdão, pois faço parte disso. Sim, faço parte ao permitir não fazendo nada para que tantos irmãos não caiam no erro levando outros consigo.
Mas acreditem! Tenho esperança e idiotice suficiente, para crer que podemos nos converter por inteiro. Exercito minha fé assim, mesmo tendo a revelação já escrita no "livro da vida" que assim não será.

4 comentários:

Anônimo disse...

Coloquei quem ama ora.. várias vezes nas exemplificações de ações de amor, pois acredito que para que se ame em plenitude, deve existir antes um relacionamento.
Atualmente, o momento que eu melhor percebo o meu relacionamento com Deus, é quando oro, mas sei que Deus se relaciona com todos de inúmeras formas. Então, não ouso aqui colocar a oração como regra de relacionamento nem mesmo para mim, que sinto, percebo e me comunico com o Pai de diversas formas.

Lika disse...

Não tenho muito o que comentar .... pq você já sabe que também vejo assim... fico feliz ao ver Deus nos ensinando em sua multiforme graça e que possamos viver inteiramente e plenamente nELE. Beijos é bom ver textos seus aqui TE AMO

Alberto Ferreira disse...

Faz dias que tenho pensado nese assunto Cristo vs Cristãos. E o que me levou a pensar isso é um cristão que corta a orelha de Malcon e Cristo que cura, um Cristão que pede pra mandar fogo do céu e Cristo dizendo vim trazer vida. Não foi dificil para Deus formar o homem do barro, mas tem sido dificil para o Espírito Santo fazer do barro cristão puro e simples.

Érika disse...

Paz e Graça, estava procurando uma imagem no Google para colocar no meu post justamente sobre "O verdadeiro cristianismo" e fiquei feliz em ler seu post pois vem de encontro com o que também acho.

Hoje não existem muitos cristãos, pois ´ser cristão é expressar a Cristo e Deus é Amor!

Deus abençoe infinitamente mais sua vida!

Érika
possoajudalos.blogspot.com