terça-feira, 27 de abril de 2010

Uganda - Punição aos homossexuais com os nossos olhos fechados


Hoje estava pensando sobre a Igreja e as questões de igualdade do ser humano. De que como somos todos criaturas do Deus vivo, O Qual, não faz acepção de ninguém e faz o astro sol nascer para todos. Mais importante do que o próprio astro sol, que possibilita a vida para toda fauna e flora terrestre, Deus nos enviou o Sol da manhã, Jesus o Cristo. O enviou à TODOS nós.
Com o pouco conhecimento que tenho, percebo que uma das grandes marcas da cristandade durante o passar dos séculos é a sua grande omissão. Com exceção de pequenos grupos convictos e impregnados do Evangelho, os cristãos, de um modo geral, são bem omissos no que se refere à defesa do próximo, das minorias e dos mais fracos. Principalmente, quando eles (nós) não estão sendo afetados diretamente.
Lembro-me de não ouvir falar da forte repreensão dos religiosos que acompanhavam as caravelas do descobrimento ao verem os índios serem massacrados pelos seus conquistadores.
Lembro-me de não ouvir falar do rompimento da Igreja com a Alemanha e seus parceiros no período obscuro do massacre aos judeus.
Lembro-me de não ouvir falar que nenhum integrante da ku klux klan era um cristão protestante.
Lembro-me que me faltam muitas memórias dos discípulos dAquele que ensinou a morrer pelo próximo, entendendo, que o próximo é TODO aquele que precise de nós.
O noticiário fala agora, de um país africano, Uganda, onde tramita um projeto de lei que se aprovado, determina a prisão perpétua ou pena de morte para homens e mulheres que se declararem homossexuais. Tal abuso e violência humana, com a estúpida e falsa aparência de controle moral, já existe em outros países da região.
O noticiário também informa, que um (bispo) cristão por se opor a este novo atirar de pedras, foi afastado de seu sacerdócio e proibido de pregar. 
Será que vamos continuar com o nosso discursinho de merda dizendo que amamos o homossexual e apenas não amamos-concordamos-compactuamos com o homossexualismo? Será que vamos continuar vendo as minorias serem massacradas sem fazermos nada a respeito, simplesmente por não ser da nossa conta?
Será que vou me lembrar daqui há alguns anos de não ter ouvido falar da Igreja se manifestar contra isso?
Me ajudem! Alguém?! Estou sendo conivente com o homossexualismo ao condenar uma lei que tira a vida de um homem por ele ficar de quatro???

Desculpem alguns termos xulos.. desculpem algumas expressões que poderiam ser ditas de uma forma menos agressiva e até mais correta.. mas a NOSSA hipocrisia cristã está me deixando descortês.
[revisado]
O noticiário

5 comentários:

Claudia disse...

é... a igreja não serve pra bosta nenhuma, só pra omitir, engessar, acorrentar, magoar, matar...

Antonio Mano disse...

... sei que você não pensa isso de fato... assim como eu também não penso.. mas entendi seu desabafo... e também sei.. que pela história.. muitos realmente pensam assim.... mas o que eu não coloquei nesse post-vômito, é que assim como você.. ainda tenho esperança! e que tudo o que eu disse, é uma pretensiosa convocação!

Ministério da saúde disse...

Caro blogueiro,

A vacina contra Influenza H1N1, vírus que já matou 1.632 brasileiros, está disponível nos postos de saúde pública de todo o Brasil para pessoas com maior risco de desenvolver a forma grave da doença. A vacina foi testada, é segura e já foi utilizada por mais de 300 países do Hemisfério Norte. Sábado, 24, começa mais uma etapa da campanha, voltada agora para a vacinação de idosos com doenças crônicas. No entanto, a população das outras etapas - jovens de 20 a 29 anos, grávidas, crianças maiores de 6 meses a menores de 2 anos e doentes crônicos com menos de 60 anos - ainda podem procurar os postos para se vacinar.


Por isso, é muito importante contar com a sua colaboração! Você pode ajudar por meio de materiais que disponibilizamos especialmente para blogs.

Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br

Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Osias disse...

Eles podem ser mortos mesmo sem ficar de quatro... acho que basta você denunciar alguém que eles não vão se dar ao trabalho de por camera escondida no quarto do cara

Antonio Mano disse...

Sim.. basta a auto-declaração ou denúncia.. enfim.. basta a confirmação... a expressão que eu utilizei, inclusive, tecnicamente não se aplica à toda relação sexual homossexual.. foi como eu disse.. no quase pedido de desculpas no final do post.. estava um pouco descortês quando escrevi o texto.